Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

O que é Osteopatia e para que serve?

Fisioterapia
Osteopatia

O que é Osteopatia e para que serve?

Saiba o que é Osteopatia

      

           A Osteopatia é um meio de diagnóstico, tratamento e cura que se utiliza de recursos manuais para interferir na estrutura e função do organismo e obter os resultados desejados. Está fundamentada em sólidos conhecimentos de anatomia e fisiologia.

            A Osteopatia foi fundada em 1874 pelo médico Dr. Andrew Taylor Still, em Missouri – Estados Unidos, que ficou desiludido com a medicina  vigente da época, quando três dos seus filhos morreram de meningite. Ele fundou a Osteopatia para a reforma da medicina, mas quando encontrou hostilidade de seus pares, desenvolveu-a como um sistema independente da medicina.

            Além dos princípios, criou um sistema de manipulações manuais que combinava ao uso de medicamentos e cirurgias, baseado em um conhecimento bastante sólido e apuradíssimo de anatomia, fisiologia e química existentes na época.

Still percebeu que era possível, por meio do toque manual, modificar o comportamento dos tecidos, e que as doenças tinham uma relação muito estreita com a estrutura corporal. Sua carreira foi brilhante, e extremamente promissora ficando muito conhecido e respeitado  em seu país e recebia doentes vindos de todas as partes do mundo para tratamento.

Faleceu em 1917 aos 90 anos de idade deixando inúmeros seguidores que continuam até os dias de hoje praticando e divulgando  a  medicina manual.

            A Osteopatia é muito mais eficiente e complexa  do que técnicas manipulativas.

É um sistema de cuidados com a saúde, baseado em princípios filosóficos embutidos no espírito de quem a pratica, requerendo um conhecimento de anatomia, fisiologia e biomecânica para a sua aplicação prática .

            “A Osteopatia não é apenas uma abordagem mecanicista da doença, mas um sistema autêntico e efetivo que tenta eliminar as causas de uma saúde prejudicada e busca fortalecer o poder curativo básico que existe dentro do próprio corpo.”

                                                                                                Andrew Taillor Still