Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Dor no Ombro? Saiba o que pode causar!

Fisioterapia
Dor no ombro

Dor no Ombro? Saiba o que pode causar!

Dor no Ombro? Saiba o que pode causar!

A tendinite ou tendinopatia é a inflamação do tendão. No ombro, os tendões mais comumente inflamados são os tendões do manguito rotador (supraespinal, infraespinal, subescapular e redondo menor) e o tendão da cabeça longa do bíceps. 

A bursa e os tendões (conhecidos como tendões do manguito rotador) podem sofrer um processo inflamatório, que vai gerar a dor no ombro. – SPA Sorocaba

Se não tratadas, as alterações podem evoluir para problemas ainda mais graves. Surgem, dessa maneira, as lesões dos tendões, mais comuns nos indivíduos acima de 50 anos de idade ou em pacientes que apresentavam uma tendinite grave e sofreram um trauma.

Essas lesões podem ser inicialmente parciais e evoluírem para lesões completas ou transfixantes, em que o tendão perde sua inserção no osso. As lesões transfixantes são mais graves e não cicatrizam sozinhas.

Diminuir o processo inflamatório e reequilibrar a força e o alongamento do ombro. Para diminuir a inflamação, diversas medidas podem ser utilizadas dependendo de cada caso. O uso do gelo é recomendado quando tolerado.

dor-no-ombro

Medicações anti-inflamatórias por via oral ou injetável podem ser utilizadas. O reequilíbrio da força e do alongamento é feito tradicionalmente através de fisioterapia.

Exercícios de alongamento e de fortalecimento são necessários e devem ser individualizados para cada caso. Evitar movimentos com o braço acima da altura dos ombros (90° de abdução ou flexão).Fortalecer os músculos dos tendões do manguito rotador.

O fortalecimento dos rotadores externos e internos melhora a coaptação da articulação. Durante a elevação do ombro, existe uma força feita pelo músculo deltóide que traciona todo o osso do úmero para cima.

Com a contração dos tendões do manguito, essa força é melhor balanceada e o úmero permanece no seu local de origem, diminuindo a chance de impacto.

Melhora da postura nos indivíduos com os ombros posicionados para frente (protração da escápula). Nos casos em que a dor é muito importante e não regride com as medidas iniciais, uma infiltração pode ser realizada para diminuir a inflamação.