Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

Drenagem Linfática

Tratamentos Redutores

Você conhece a história da Drenagem Linfática? 

Os Gânglios Linfáticos foram observados primeiramente no ano 450 a.C,quando Hipócrates descobriu este sistema através de dissecações.

Embora Hipócrates,conhecido como o pai da medicina,tenha percebido a existência do sistema linfático,somente muito depois foi que o italiano Gaspar Asseli,professor anatomista,pode confirmar tal informação de forma científica e desenvolver seus estudos através da observação de veias em animais.

Em 1651,um médico francês se dedicou ao estudo do conduto linfático, e descobriu o sistema próximo ao umbigo,no lado esquerdo do abdome. Seu nome era Pecquet e este sistema foi batizado com seu nome. Outros anatomistas que contribuíram para estas pesquisas foram Bartholin e Rudbeek,que consolidaram a noção que temos hoje sobre o sistema linfático.

A origem da massagem Manual

Em 1982 a drenagem linfática manual ficou conhecida como massagem para o escoamento de líquidos excedentes, que causavam edemas e inchaços,mas só passou a ser utilizada em 1932 na Europa.

Um médico chamado Doutor Emil Vodder e sua esposa Estrid,tratavam de pessoas com gripes e sinusites,estimulando as linfas presentes em seus pescoços.Observando os excelentes resultados obtidos através deste procedimento,o casal acabou criando um método abrangente e eficaz,que ainda hoje é utilizado por fisioterapeutas e massoterapeutas do mundo todo e recomendado por cirurgiões e especialistas.

Sabemos hoje em dia que a Drenagem linfática é a massagem mais amada e procurada pelas mulheres brasileiras devido aos seu benefícios e resultados, tanto na parte estética como nas questões relacionadas à saúde e qualidade de vida.

No Brasil, a divulgação do método se deu através de Waldtraud Ritter Winter,ex aluna do Dr Vodder,a técnica era inicialmente utilizada somente para fins estéticos,como forma de conter a obesidade e reduzir as medidas corporais,porém nos dias de hoje já é recomendada para tratar outros problemas como o inchaço durante a gestação e pós- parto, sintomas de retenção de líquido, TPM, pós-cirurgias plásticas, dores e cansaço extremo.

Os profissionais responsáveis pelos atendimentos devem ser aqueles que possuem formação e conhecimento suficiente sobre o funcionamento do corpo humano para que os gânglios linfáticos não sofram qualquer dano por falta de conhecimento da anatomia do corpo humano. Desta forma o cliente ira obter um resultado mais satisfatório e se sentirá mais satisfeito.

Drenagem Linfática – Tratamentos Redutores

 

Indicações:

  • Combater a celuliteEliminar toxinas
  • Pós operatório
  • Redução de edemas e linfedemas
  • Insuficiência venosa crônica
  • Cefaléias
  • Nevralgias
  • Edemas gestacionais
  • Síndrome pré-menstrual
  • Fadiga
  • Dores nas pernas e desconforto pélvico
  • Irritabilidade
  • Ansiedade
  • Entre outros…

Suas contra indicações são:

  • Câncer
  • Tumores malignos
  • Tuberculose
  • Infecções e processos inflamatórios
  • Edemas oriundos de insuficiências renais,hepáticas ou cardíacas não controladas,
  • Trombose venosa profunda
  • Insuficiência cardíaca congestiva
  • Hipertireoidismo
  • Entre outros…

 

 

 

Drenagem Linfática

Faça sua Cotação
Entre em contato através do Whatsapp (015) 9 8810 8085  e fale direto com nossa área de Estética.